Curtas – uma seleção do mais importante no Brasil e no mundo | EXAME | Jornal Fogo Cruzado DF

0
33
Curtas – uma seleção do mais importante no Brasil e no mundo
Curtas – uma seleção do mais importante no Brasil e no mundo

Curtas – uma seleção do mais importante no Brasil e no mundo
Curtas – uma seleção do mais importante no Brasil e no mundo
Curtas – uma seleção do mais importante no Brasil e no mundo

Chairman do Federal Reserve, Jarome Powell, participa de entrevista coletiva em Washington após decisão sobre juro 18/09/2019 REUTERS/Sarah Silbiger
Chairman do Federal Reserve, Jarome Powell, participa de entrevista coletiva em Washington após decisão sobre juro 18/09/2019 REUTERS/Sarah Silbiger

Powell: Fed anunciou um novo corte de 0,25 ponto percentual na taxa referencial de juros (Sarah Silbiger/Getty Images)

Cortes de juros no Brasil e nos EUA

Seguindo a expectativa de analistas, o Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) reduziu novamente a taxa básica de juros do Brasil. O Comitê cortou Selic, nesta quarta-feira 18, em 0,5 ponto percentual, para 5,5% ao ano. Com o corte, divulgado após o fechamento do mercado, a taxa chegou ao seu nível mínimo histórico. Em comunicado divulgado no início da noite desta quarta, a autoridade monetária diz que vai ficar atenta ao cenário econômico, mas indica que pode haver mais cortes este ano. As próximas reuniões do Copom serão em 29 e 30 de outubro e 10 e 11 de dezembro. “O Comitê avalia que a consolidação do cenário benigno para a inflação prospectiva deverá permitir ajuste adicional no grau de estímulo”. Mais cedo, o Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, anunciou um novo corte de 0,25 ponto percentual na taxa referencial de juros, para a faixa entre 1,75% e 2%. Foi o segundo corte na taxa desde a crise financeira de 2008; o primeiro foi na reunião anterior, em julho.

Câmara mantém regalias

A Câmara concluiu na noite desta quarta-feira, 18, a votação do projeto que altera regras para os partidos. Os deputados conseguiram manter a espinha dorsal da medida articulada pela Casa, mesmo após as tentativas do Senado de alterar significativamente o projeto. O texto vai agora à sanção presidencial. Havia pressa para a aprovação do projeto entre as lideranças da Câmara, porque para que as novas regras possam valer para as eleições municipais no ano que vem, a lei tem de ser publicada no máximo um ano antes de 4 de outubro de 2020. Por fim, a medida manteve a maior parte das benesses aos partidos. Entre eles, estão a autorização para usar recursos públicos para construção de sede partidária e a anistia a multas eleitorais, além da volta do tempo de propaganda partidária em rádio e TV. Além disso, o texto abre brecha para aumentar o valor destinado ao fundo eleitoral, principal fonte de recursos para as campanhas, trecho que foi mantido pelo Senado também.

Brasil de fora da cúpula do clima da ONU

O programa inicial da Cúpula do Clima da Organização das Nações Unidas (ONU) que acontecerá na próxima semana, em Nova York, não inclui o Brasil entre os países que terão direito a discursar. O cronograma final ainda não foi divulgado, mas até agora o país não foi incluído entre os oradores, segundo fonte ouvida pelo jornal Estado de São Paulo que participa da elaboração do programa.  A ONU pediu aos países que enviassem informações sobre aumento da ambição dos compromissos climáticos. A intenção era dar espaço nos discursos para aqueles países que tivessem atitude inspiradora sobre combate à crise ambiental e demonstrassem novas metas a serem perseguidas e programas a implementar. A cúpula do clima tem início na próxima segunda-feira 23, um dia antes da abertura da Assembleia Geral da ONU, onde os chefes de Estado dos países-membros da organização se reúnem. A convocação para a cúpula foi feita pelo secretário-geral da ONU, Antonio Guterres.

Ex-executivo da Odebrecht é encontrado morto

A Polícia do Rio investiga a morte do ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura Henrique Serrano do Prado Valladares, delator da Operação Lava Jato que revelou supostas propinas para o deputado Aécio Neves (PSDB/MG) e para o ex-senador Edison Lobão (MDB/MA), ex-ministro dos Governos Lula e Dilma. O registro oficial da 14ª Delegacia, no Leblon, aponta “causa indeterminada”. O corpo foi encontrado nesta terça-feira 17 no apartamento onde o delator morava. As primeiras investigações indicam que não havia sinais de arrombamento no apartamento, nem evidências de luta. O corpo já passou por necropsia e foi liberado para a família. Valladares foi apontado por outros delatores da empreiteira como um dos negociadores de 30 milhões de reais de propina para Aécio atuar a favor dos Projetos do Rio Madeira (Usinas Hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau, em Rondônia) e, assim, atender interesses da empreiteira e também da Andrade Gutierrez.

Toyota investirá R$ 1 bi em SP

A empresa japonesa Toyota anunciou nesta quinta-feira na cidade de mesmo nome, na província de Aichi, um investimento de 1 bilhāo de reais na fábrica da montadora em Sorocaba, no interior de Sāo Paulo. O CEO da multinacional na América Latina, Masahiro Inoue, afirmou que novas 300 vagas de trabalho serāo criadas e que um novo modelo de carro será fabricado no país. O anúncio da diretoria da Toyota foi feito junto com o governador de Sāo Paulo, Joāo Doria, que está em viagem no Japão desde segunda-feira. “Os empregos serāo criados ao longo de 2019 e 2020. É um investimento de curto prazo”, disse o tucano, que estimou ainda a criaçāo de 3.000 vagas indiretas.

Ipea: famílias mais pobres ou sem renda são mais da metade no Brasil

Aumentou a proporção de lares brasileiros sem qualquer renda proveniente de trabalho, de acordo com levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), divulgado nesta quarta-feira 18. As famílias mais pobres ou simplesmente sem renda de trabalho representam mais da metade (52%) dos lares brasileiros. No segundo trimestre do ano, 22,4% dos domicílios do país não possuíam renda proveniente de trabalho. No segundo trimestre de 2014, quando começou a crise econômica, essa fatia era de 19,0%. A maioria das novas vagas formais de trabalho que têm sido geradas no país possui remuneração máxima de até dois salários mínimos, de acordo com o Instituto. Já as famílias de renda muito baixa, que recebiam menos de 1.638,70 reais mensais, representavam 29,6% de todos os domicílios brasileiros no segundo trimestre deste ano.

Caixa coloca nome da Arena Corinthians no Serasa

A Justiça acatou o pedido da Caixa Econômica Federal para incluir o nome da Arena Itaquera S/A, que administra o estádio do Corinthians, no Serasa. O despacho é do dia 27 de agosto de 2019, mas até agora o nome da empresa não aparece como inadimplente. No processo, o banco informa que o Corinthians não paga as parcelas do financiamento da arena desde março e por isso cobra uma multa no valor de 48,7 milhões de reais. O presidente Andrés Sanchez concedeu coletiva na última sexta-feira e informou que apenas dois meses estavam atrasados. No entanto, lembrou que caso a Caixa não estivesse contando o período de um acordo verbal, esse atraso contaria desde março. O clube havia acordado verbalmente com a gestão anterior da Caixa novo parcelamento da dívida que, segundo o banco, é de 536 milhões de reais.

Califórnia sanciona lei que considera motorista de Uber funcionário

O governador da Califórnia, Gavin Newsom, sancionou nesta quarta-feira 18 a polêmica lei que reclassifica trabalhadores terceirizados como funcionários, inclusive os motoristas de Uber e Lyft. A normativa, acompanhada muito de perto por outros estados, responde a críticas de que as empresas de transportes negam benefícios aos motoristas. Newsom classificou a legislação como um “marco” e disse que este é o primeiro passo para permitir que mais trabalhadores se sindicalizem.  Segundo o projeto de lei, os trabalhadores na Califórnia, o estado americano com o maior PIB do país, devem ser descritos como funcionários, e não terceirizados, se seu trabalho, ou desempenho, for controlado pela empresa, ou se fizerem parte do negócio habitual da mesma.  Tanto Uber quanto Lyft se opõem a qualquer mudança no status de seus motoristas, já que, como admitiram em um artigo na imprensa local, “representaria um risco” para o futuro destas empresas. A lei deve entrar em vigor em 1º de janeiro do ano que vem.

Parlamento Europeu apoia novo adiamento do Brexit

O Parlamento Europeu aprovou nesta quarta-feira 18 por 544 votos a 126 uma resolução reafirmando que continua apoiando um Brexit ordenado que seja baseado no acordo de retirada já negociado. O Legislativo da União Europeia (UE) pontuou no documento que está aberto a uma possível extensão da data-limite para a separação se ela for solicitada pelo Reino Unido e tiver “um propósito específico, como evitar um desembarque sem acordo, realizar eleições gerais ou um referendo, revogar o Artigo 50 (que acionou o Brexit) ou aprovar o acordo de retirada”. De acordo com o texto aprovado na votação, o Parlamento ressalta que o Reino Unido teria de assumir responsabilidade completa por uma eventual saída sem acordo e as “sérias consequências” que ela implicasse.

Índia proíbe cigarros eletrônicos

O governo indiano anunciou nesta quarta-feira 18 a proibição de cigarros eletrônicos no país, onde vivem 1,3 bilhão de pessoas, por motivos de saúde e para combater vícios. “A decisão foi tomada levando em consideração o impacto que os cigarros eletrônicos têm na juventude hoje”, declarou a ministra das Finanças, Nirmala Sitharaman, em entrevista coletiva. “Está na moda experimentá-los, usá-los”, acrescentou. A ordem do governo do primeiro-ministro Narendra Modi proíbe a produção, importação ou exportação, transporte, armazenamento e venda de cigarros eletrônicos. Aqueles que desrespeitarem a norma serão punidos com multas que poderão chegar a 500 mil rúpias (6.900 dólares). Essa medida “melhorará a política de controle do tabaco, dando melhores resultados em termos de saúde pública”, diz o governo na conta do Twitter de seu serviço de imprensa.

Robert O’Brien é novo conselheiro de Segurança Nacional dos EUA

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta quarta-feira 18 que Robert O’Brien, atual enviado especial da Presidência para Assuntos de Reféns do Departamento de Estado, será o seu novo conselheiro de Segurança Nacional. “Estou satisfeito por anunciar que nomearei Robert C. O’Brien, atualmente trabalhando com sucesso como enviado especial presidencial para Assuntos de Reféns no Departamento de Estado, como o nosso novo conselheiro de Segurança Nacional. Trabalhei muito e muito duro com Robert. Fará um grande trabalho”, disse Trump no Twitter. O’Brien assumirá o cargo anteriormente ocupado por John Bolton, que foi demitido por Trump em 10 de setembro, após meses de desacordos relacionados à política externa. O atual enviado especial da Presidência será o quarto conselheiro de Segurança Nacional do governo Trump. A nomeação para esse cargo não requer confirmação pelo Senado americano.

Relacionado

Comentários

Atenção! Os comentários do Jornal Fogo Cruzado DF são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios podem ser denunciados por outros usuários, acarretando até mesmo a perda da conta do Facebook.

imagem19-09-2019-10-09-13
imagem19-09-2019-10-09-13

Fonte: fogocruzadodf.com.br/noticias/brasil/curtas-uma-selecao-do-mais-importante-no-brasil-e-no-mundo-exame-3