Avatar


O projeto de Turismo Cívico-Pedagógico de Brasília já é um case de sucesso fora dos limites do Distrito Federal, porque aplica o ensino de história do Brasil por meio de visitas a monumentos e endereços do poder, como ensinamento fora da sala de aula.

Agora, alunos da cidade de Vassouras, no Rio de Janeiro, vão conhecer Brasília pelo olhar do turismo cívico-pedagógico, ancorado na experiência de aprendizagem imersiva orientada à formação cívica-cidadã. O objetivo é criar o sentimento de pertencimento e compreensão do valor da nossa capital como Patrimônio Mundial Cultural.

A secretária de Turismo, Vanessa Mendonça, apresentou o projeto de Turismo Cívico-Pedagógico de Brasília durante o Fórum Regional do Turismo Fluminense | Foto: Carlos Magno/RJ

A parceria entre as cidades foi anunciada na abertura da primeira edição do Fórum Regional do Turismo Fluminense, nesta quinta-feira (26), e teve a presença do governador do estado, Cláudio Castro; da secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça, e de prefeitos das principais cidades turísticas, além de secretários estadual e municipais do segmento. O encontro é promovido pela Secretaria de Turismo do Estado do Rio de Janeiro e acontece na cidade de Vassouras, na região do Vale do Café, até o próximo sábado (28).

“Brasília é o maior museu a céu aberto com obras de Oscar Niemeyer e paisagismo do Lúcio Costa. Todos os alunos e todos os brasileiros devem conhecer a capital do país, a capital de todos os brasileiros”Vanessa Mendonça, secretária de Turismo

Para a secretária Vanessa Mendonça, a cooperação técnica que Brasília e a cidade de Vassouras estão realizando visa introduzir o turismo cívico na educação e é fundamental para a manutenção e a garantia de um futuro público para o turismo brasileiro. A dirigente disse também que a capital de todos os brasileiros é muito mais que um gabinete político e oferece uma experiência única.

“Brasília é um museu a céu aberto com obras de Oscar Niemeyer e paisagismo do Lúcio Costa. Além dos ministérios, de todos esses monumentos e da sua história, na Esplanada também estão o Teatro Nacional, o Museu da República, a Biblioteca Nacional e a Catedral Metropolitana. Assim, todos os alunos e todos os brasileiros devem conhecer a capital do país, a capital de todos os brasileiros”, afirmou a secretária.

Retomada do turismo

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, afirmou que, neste momento de retomada das atividades econômicas, o turismo deve receber investimentos em todo o estado. “É preciso investir em outras matrizes econômicas para que não fiquemos tão dependentes do petróleo, que é finito. O turismo é um dos pilares do desenvolvimento, juntamente com a infraestrutura, a logística e outros que estão no recém-lançado PactoRJ. A mensagem hoje é de otimismo”, ressaltou o governador.

O Fórum Regional do Turismo Fluminense faz parte do Turismo RJ + Perto, programa que visa a integração entre os representantes do segmento, prefeituras e o estado para o desenvolvimento do setor no cenário de retomada das atividades.

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Vassouras, Wanderson Farias, disse que desde que conheceu o projeto do Turismo Cívico-Pedagógico quando visitou a Setur-DF, em junho deste ano, considerou importante levá-lo para o município por meio de um acordo de cooperação técnica.

“Vassouras tem história, é uma cidade turística mas tem história que remete aos barões do café, tem os monumentos, casarões e simboliza o século XIX. O projeto em parceria com a Secretaria de Educação, que permite às crianças conhecerem a história da cidade, os pontos turísticos, seus monumentos, vai motivar também a promoção de eventos cívicos na cidade para integrar a cadeia turismo e educação. Agradeço a participação da secretária Vanessa Mendonça no Fórum para a assinatura do ACT e, certamente, é a primeira parceria entre muitas que virão”, finalizou o secretário.

*Com informações da Secretaria de Turismo



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here