O investimento veio da Contribuição de Iluminação Pública, que financia a instalação de equipamentos mais duráveis e econômicos | Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

Os jogos da Liga Amadora Desportiva de São Sebastião (Lads) eram interrompidos frequentemente por causa da queda de energia elétrica no campo central da cidade, na rua 44A. Antes da pandemia, durante as partidas, jogadores e torcida tinham que esperar cerca de 40 minutos até que a iluminação voltasse ao normal. Um problema que não vai mais ocorrer, porque o espaço público recebeu o reforço de 12 novas luminárias e 18 projetores de LED.

“Com as novas luminárias e projetores, o desempenho dos jogadores melhora. Eles conseguem ter uma visão melhor do campo” Hermes Ferreira, presidente da Liga Amadora Desportiva de São Sebastião

Presidente da Lads, Hermes Ferreira, 47 anos, lembra que a iluminação não era trocada desde a década de 1990. “Com as novas luminárias e projetores, o desempenho dos jogadores melhora. Eles conseguem ter uma visão melhor do campo. Foi um presente para a nossa liga, que fez 28 anos”, comemora o dirigente da entidade e também morador de São Sebastião.

O investimento de mais de R$ 68 mil veio dos recursos arrecadados com a Contribuição de Iluminação Pública (CIP), taxa recolhida mensalmente na conta de energia. O valor é destinado à substituição das antigas lâmpadas de vapor de sódio pelas modernas luminárias de LED, além da implantação de novos pontos de energia, manutenção de postes e pagamento do consumo da energia do parque de iluminação pública de toda a capital.

Segurança e economia

É o maior e mais conhecido campo da nossa região administrativa. Foi uma vitória para a comunidade”Alan Valin, administrador de São Sebastião

Para o presidente da Companhia Energética de Brasília (CEB), Edison Garcia, a melhoria da iluminação pública traz sensação de segurança para a população. “As luminárias e projetores de LED são mais duráveis e chegam a ser 45% mais econômicos. Estamos realizando essa ação em várias cidades por meio do programa Luz que Protege”, informa.

O administrador de São Sebastião, Alan Valin, reforça a importância da iluminação no campo para os moradores da cidade. “Além da segurança e economia, também é uma forma de incentivar as pessoas a praticarem atividades físicas. É o maior e mais conhecido campo da nossa região administrativa. Foi uma vitória para a comunidade”, destaca.

Fonte: Agência Brasília