Esta segunda-feira (15) é o último dia para cidadãos e turistas conhecerem a exposição Cartazes Cine Brasília, instalada na Estação 106 Sul do Metrô. São peças de divulgação históricas de momentos consagrados do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro (FBCB). Organizada pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec), a mostra faz referência ao primeiro, maior e mais emblemático cinema da capital federal, que é vizinho da estação inaugurada em setembro do ano passado.

“Para o Metrô-DF, foi uma honra receber essa exposição, principalmente nesta estação, que recebeu o nome do Cine Brasília”Handerson Cabral, diretor do Metrô-DF

A exposição foi aberta em 15 de dezembro do ano passado, coincidindo com o início do 53º FBCB, que, devido à Covid-19, deixou o cine e migrou para o Canal Brasil e para o streaming Canais Globo. É um mergulho na história cinematográfica da capital.

Os pôsteres são divididos em quatro categorias temáticas: Produções Brasilienses (como Amor ao Quadrado, de René Sampaio, e Fuga sem Destino, de Afonso Brazza); Sucessos da Crítica Nacional (Arábia, de Affonso Uchoa e João Dumans); Sucessos da Crítica Internacional (Acossado, de Jean-Luc Godard) e Festivais e Mostras de Cinema (com cartazes do FBCB e outros eventos do Cine Brasília).

O diretor do Metrô, Haderson Cabral, e o titular da Secec, Bartolomeu Rodrigues, em visita à exposição | Foto: Marina Gadelha/Secec

“Para o Metrô-DF, foi uma honra receber essa exposição, principalmente nesta estação, que recebeu o nome do Cine Brasília”, destaca o presidente do Metrô-DF, Handerson Cabral. “Foi um privilégio homenagear esse equipamento cultural tão importante para a nossa cidade. A exposição marca também o início de uma parceria com a Secretaria [de Cultura e Economia Criativa] para desenvolver outros projetos culturais, apresentações artísticas e musicais nesta estação, que é um anexo do Cine Brasília.”

“Vamos fazer essa parceria crescer para que esta iniciativa se repita em outras estações”Bartolomeu Rodrigues, secretário de Cultura e Economia Criativa

O secretário de Cultura e Economia Criativa, Bartolomeu Rodrigues, ressalta a importância de investir em espaços públicos que proporcionem cultura e entretenimento à população. “Esta exposição do Cine Brasília foi uma experiência piloto”, conta. “Queremos transformá-la em uma parceria permanente. Vamos fazer essa parceria crescer para que esta iniciativa se repita em outras estações. Este é o nosso objetivo: levar cultura, conhecimento, entretenimento mesmo enquanto as pessoas vão para o trabalho, transformando as estações em espaços permanentes de acesso à cultura”.

*Com informações do Metrô-DF e da Secec

Fonte: Agência Brasília

Deixe uma resposta