“Anápolis vai se transformar num parque industrial automobilístico. É esse o nosso sonho”, projetou o governador Ronaldo Caiado na tarde desta segunda-feira (23/11), durante visita à instalação da Caoa, localizada no município. Na ocasião, a montadora anunciou a aplicação de mais R$ 1,5 bilhão de investimentos na região, em um prazo de cinco anos, o que reforça projetos de expansão. “Temos um potencial de crescimento ímpar, uma logística diferenciada de outros Estados”, assegurou. “Goiás é a bola da vez”, destacou. 

Caiado mencionou a posição estratégica do município como ponto forte para consolidação do projeto. Conforme analisou, Anápolis tem a seu favor o fato de estar na região central do País, com investimentos já anunciados para melhoria das malhas rodoviárias federal e estadual, além da iminente inauguração de linha férrea, e ainda o aeroporto de cargas. “Não existe um Estado que tenha tantas alternativas”, indicou o governador. 

O presidente da Caoa, Mauro Correia, endossou a fala do governador sobre transformar Anápolis em um polo industrial automobilístico e argumentou que a estrutura já consolidada no município soma a favor do projeto como, por exemplo, a detenção da engenharia responsável pelo desenvolvimento de motores flex. “Goiás hoje tem, em Anápolis, o mais moderno centro de desenvolvimento de eficiência energética para motores do Brasil, que foi implementado por uma empresa nacional e que é gerenciado por goianos”, ressaltou. 

A expansão da Caoa em território goiano foi viabilizada pela reinserção do Centro-Oeste na política de incentivos fiscais para o setor automobilístico, a partir da Medida Provisória 987/2020. Mauro agradeceu o empenho pessoal do governador, que foi a Brasília várias vezes para dialogar sobre o projeto. “Isso é muito importante, porque nos traz a certeza de que podemos continuar investindo [em Goiás]”, frisou. Também comentou que além da Caoa, a medida manterá a Mitsubishi em território goiano. “São duas empresas automotivas 100% nacionais no Estado de Goiás.”

Mauro definiu o anúncio de investimentos locais como um momento de felicidade, já que garantiu a manutenção de empregos e abriu margem para ampliação. “O maior prazer para nós é entrar na linha de produção e ver todo o chão de fábrica sorrindo, e as pessoas crescendo dentro da companhia. Muito obrigado, governador, pela parceria, por estar aqui conosco”, frisou. A previsão é gerar, nos próximos anos, 2 mil empregos diretos e 25 mil indiretos, além de lançar novos veículos e atrair empresas satélites quando a produção anual ultrapassar as 100 mil unidades mensais. Atualmente, é de 86 mil. 

O secretário de Indústria, Comércio e Serviços, Adonídio Neto, disse que a consolidação de Anápolis como referência automobilística envolve as empresas que já estão estabelecidas, e que a ação é uma via de mão dupla, em que todos ganham. “Nos ajude a trazer os fornecedores para nosso Estado, para mais perto. Quanto mais a gente verticalizar a sua produção, mais vai gerar emprego e diminuir os custos logísticos”, afirmou à direção da Caoa. “A pauta em Goiás é o desenvolvimento, a geração de emprego e renda.”

A secretária da Economia, Cristiane Schmidt, garantiu que Goiás tem outro ponto a seu favor: a desburocratização graças ao ProGoiás. “A ideia é: vai investir, gerar emprego e renda? É bom para o Estado? Então não tem governador ou secretário que vai dizer sim ou não. Vai fazer porque é bom para os goianos”, salientou. 

O prefeito de Anápolis, Roberto Naves, destacou o diálogo entre município, Estado e Federação como um importante instrumento responsável pelo avanço da região. “Goiás está orgulhoso de ter o senhor como governador, Caiado. E dessa parceria, tendo como bandeira principal cuidar das pessoas. Pode ter certeza, a população sabe enxergar isso, e é por isso que o senhor está tão bem aprovado em todo o Estado”, pontuou. Também presentes ao evento, o deputado federal Zacharias Calil e o deputado estadual Amilton Filho celebraram os anúncios de investimento no Estado. 

Estiveram presentes ainda o CEO e diretor executivo da Caoa Chery, Marcio Alfonso; a primeira-dama de Anápolis, Vivian Albernaz; os secretários de Estado Adriano Baldy (Cultura), Adriano da Rocha Lima (Governadoria), Tony Carlo (Comunicação); o vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), André Luiz Baptista Lins Rocha; o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Anápolis (Sindimetana), Adenilton Coelho; o comandante do 3° Comando Regional da Polícia Militar, coronel Paulo Roberto de Oliveira; entre outros.

Fotos: Hegon Corrêa

Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

Fonte: Portal Goiás

Deixe uma resposta