O Hospital das Clínicas (HC), em São Paulo, está aplicando a segunda dose da vacina contra a covid-19 em seus funcionários. O mutirão para vacinar os mais de 20 mil profissionais, com cadastro de trabalho ativo, começou ontem (14) e vai durar três dias, das 7h às 19h. A primeira dose foi aplicada em janeiro. 

Em um espaço de 1 mil metro quadrado (m²) do Centro de Convenções Rebouças, localizado ao lado do complexo do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, cerca de mil voluntários entre enfermeiros, auxiliares de enfermagem, médicos, entre outros profissionais do complexo vão atuar novamente nesta segunda megaoperação promovida pela Diretoria Clínica e pela Superintendência do Hospital.

Segundo informou a assessoria do HC, para o mutirão de vacinação foram priorizados os profissionais com cadastro de trabalho ativo, conforme preconizam as diretrizes do Programa Nacional de Imunização. A primeira dose foi aplicada em megaoperação que vacinou cerca de 60% dos profissionais do HC e aconteceu entre os dias 18 e 21 de janeiro, também no Centro de Convenções Rebouças.

O Hospital das Clínicas é o maior complexo hospitalar da América Latina, composto por oito institutos que atendem casos de alta complexidade em diversas especialidades, incluindo urgência e emergência no Pronto Socorro, e é também referência no atendimento covid-19 no Estado de São Paulo, contando com 456 leitos exclusivos para esse tipo de caso, sendo 200 de UTI e 256 de enfermaria.

Fonte: Agência Brasil

Deixe uma resposta